ONG Parceira do PortoWeb

CONQUISTA FEITA DE SUPERAÇÃO

Atleta paraolímpica de Taquara, Suélen Rodolpho (D) disputará campeonato amistoso internacional de esgrima na capital da Argentina
- Crédito: DIVULGAÇÃO/ CP
Atleta paraolímpica de Taquara, Suélen Rodolpho (D) disputará campeonato amistoso internacional de esgrima na capital da Argentina
Crédito: DIVULGAÇÃO/ CP

MARIA PIOVESAN
mpiovesan@correiodopovo.com.br

Suélen Rodolpho, atleta da esgrima na modalidade florete, categoria A, representará o Brasil em Buenos Aires, na Argentina, no dia 10 de dezembro, no Campeonato Amistoso Internacional dos Competidores do Mercosul. A esgrimista, que reside na cidade de Taquara, é atleta integrante da Associação dos Servidores da Segurança Pública Portadores de Deficiências do Estado do Rio Grande do Sul (Assassepode), de Porto Alegre. Suélen diz sentir-se feliz em poder ser atleta da associação, tendo iniciado os treinamentos em abril.

A jovem relata que conheceu Fernanda, esposa de Mauricio Spenpniak, um dos primeiros cadeirantes atletas da Assassepode, que lhe fez o convite para praticar esse esporte. Suélen começou a treinar apesar das dificuldades com o transporte. Porém, isso foi superado com interferência da Prefeitura de Taquara, por meio das secretarias de Saúde, Educação e Esportes. O município colocou um carro à sua disposição para os treinamentos e consultas necessárias. Nesse curto período (de julho a outubro) Suélen conquistou o 2º lugar no florete na Copa Brasil, em Porto Alegre, em julho, e obteve a 2ª colocação na espada e o 3º lugar no florete no Campeonato Brasileiro realizado em Curitiba (PR), em outubro. ""Essas conquistas renderam a mim o convite para ser atleta permanente da associação"", conta a jovem. Ela treina três vezes por semana (das 13h às 16h), na Academia da Brigada Militar de Porto Alegre.

O acompanhamento é realizado por três professores. Conforme a esgrimista, é necessário treinar bastante, ter muita força de vontade e persistência. Essa qualidade é vivenciada por sua mãe, Teresinha Sueli Rodolpho, que desde que a filha nasceu buscou todos os recursos possíveis para que Suélen tivesse mais qualidade de vida. Ela fica emocionada ao recordar-se da trajetória que viveram. ""Foram muitas barreiras e preconceitos, mas eu sempre mostrei a Suélen que era possível rompê-los"", salienta Sueli. Na família, Suélen, que tem três irmãos – Deives, Carina e Taís –, é a caçula. O pai, João Cláudio Rodolpho, não mede esforços para que a filha siga nesse esporte, enfatiza a esposa Sueli. ""João tenta, ao máximo, também acompanhá-la nos campeonatos"", conta a mãe.

Suélen Rodolpho está cursando o segundo ano do Ensino Médio da Escola Municipal Theóphilo Sauer, localizada no bairro Picada Grande. Além de continuar no esporte, a jovem de 18 anos pretende, futuramente, fazer uma graduação. Ela ainda não se decidiu, mas diz gostar de desenho. ""Quem sabe faço a faculdade de Desenho Gráfico ou Artes Plásticas"", afirma. A esgrimista e sua mãe Sueli destacam o apoio recebido da administração municipal de Taquara e da Associação dos Servidores da Segurança Pública Portadores de Deficiências do RS.

 

matéria veiculada no Caderno Cidades do Jornal Correio do Povo do dia 09.novembro.2009



A+-     A  ?
» contatos

Rua Andradas 1560, sala 611
Centro - Porto Alegre-RS
Cep 90020-002

 (51) 3414-6381 (das 14h as 18h)
 Fale Conosco



ANUNCIE

AQUI

Saiba como






















Desenvolvimento PROCEMPA