ONG Parceira do PortoWeb

SELEÇAO FEMININA REPRESENTOU BEM O BRASIL NO MUNDIAL DA MALÁSIA 2010

A seleção feminina de halterofilismo paraolímpico voltará para o Brasil, na segunda-feira, 02, com um feito inédito. Josilene Alves Ferreira conquistou o quarto lugar no Mundial de Kuala Lumpur, Malásia, e garantiu o melhor resultado da história das brasileiras em mundiais. Nesta sexta-feira, último dia de competição, Edilândia Rodrigues encerrou a participação nacional com um sexto lugar.
 
Edilândia, da categoria +82,5 kg, começou bem a prova, com os dois primeiros movimentos considerados válidos (95 kg e 100kg). Na terceira e última tentativa, quando tentou levantar 105 kg, a atleta teve seu movimento invalidado, terminando a prova em sexto lugar. A mexicana Perla Barcenas  ficou em primeiro com a marca de 135,000 kg.
 
Mulheres igualam resultado masculino
 
O melhor resultado brasileiro foi alcançado nesta quinta-feira pela atleta Josilene Alves, mais conhecida como Josi. A goiana conquistou uma marca significativa para o halterofilismo feminino nacional ao garantir o quarto lugar no Mundial. A colocação igualou o feito de 2006, quando Alexsander Whitaker dos Santos conquistou o 4° lugar no Mundial de Bussan, na Coréia do Sul.
 
Josi, atual número dois do ranking mundial na categoria -75kg, confirmou a expectativa da comissão técnica, e por pouco não conquistou a primeira medalha do halterofilismo paraolímpico brasileiro. Josi levantou em sua terceira tentativa 105kg. A medalhista de bronze levantou apenas 2,5 kg a mais que a brasileira. A primeira colocada da prova foi a atleta  Taipei Tzu Hui Lin, com a marca de 140 kg.
 
Mais de 290 atletas de 52 países participaram do Mundial, que terminou nesta sexta-feira, no estádio Titiwangsa, em Kuala Lumpur.  O Brasil foi representado por oito atletas. Além de Josi e Edilândia competiram Alexsander Whitaker dos Santos, Terezinha  Mulato dos Santos,  Rodrigo Rosa de Carvalho Marques, João Euzébio Batista,  José Ricardo Costa da Silva e Joseano dos Santos Felipe.                                                                                                         
Neste sábado, será realizado o Fórum de Halterofilismo do IPC, que abordará temas sobre a realidade e os rumos da modalidade em âmbito mundial. A delegação brasileira chegará a São Paulo na tarde desta segunda-feira, 02 de agosto.
 
A modalidade
 
O halterofilismo para atletas com deficiência apareceu pela primeira vez em 1964, na segunda edição dos Jogos Paraolímpicos, em Tóquio, como levantamento de peso. Apenas homens com lesões medulares participaram, com regras bastante diferentes das utilizadas hoje em dia.
 
Mais tarde, a modalidade mudou de levantamento de peso para halterofilismo. Hoje a competição é aberta a todos os atletas com paralisia cerebral, lesões medulares, amputados (apenas de membros inferiores) e “les autres” que correspondam ao critério mínimo de limitação física. A primeira vez que mulheres competiram no esporte foi em Sidnei, 2000.

Os brasileiros em ação

27/07 (terça-feira)          Alexsander Whitaker dos Santos     -67,5kg -12º lugar;


28/07 (quarta-feira)  Terezinha  Mulato dos Santos          -60,0kg – 9º lugar;
                           Rodrigo Rosa de Carvalho Marques         -75,0kg – 12º lugar;
                          João Euzébio Batista                     82,5kg – desclassificado;


29/07 (quinta-feira)       José Ricardo Costa da Silva            -90,0kg – 12º lugar;
                                    Joseano dos Santos Felipe         -90,0kg – 15º lugar;
                                     Josilene Alves Ferreira           -75,0kg – 4º lugar;


30/07 (sexta-feira)         Edilândia Rodrigues Araújo               +82,5kg - 6ºlugar;



A seleção
N° Função Clube
1 Alexsander Whitaker dos Santos Atleta CPSP/SP
2 Edilândia Rodrigues de Araújo Atleta UBERLÂNDIA/MG
3 João Euzébio Batista Atleta SADEF/RN
4 José Ricardo Costa da Silva Atleta ADEFA/AM
5 Joseano dos Santos Felipe Atleta CADEF/RN
6 Josilene Alves Ferreira Atleta ADFEGO/GO
7 Rodrigo Rosa de Carvalho Marques Atleta UBERLÂNDIA/MG
8 Terezinha Mulato dos Santos Atleta SADEF/RN
9 Luiz Cláudio Alves Pereira Chefe de Delegação
10 Felipe Machado Costa Ernest Dias Sub-Chefe de Delegação
11 Antônio Augusto Ferreira Júnior Coordenador Técnico
12 João Vieira Pereira Júnior Técnico ADFEGO/GO
13 Wéverton Lima dos Santos Técnico UBERLÂNDIA/MG
14 Marcelo Borner de Araújo Médico
15 Adriano Ferreira de Faria Fisioterapeuta
16 Vítor de Sá Freire Barreto Árbitro



A+-     A  ?
» contatos

Rua Andradas 1560, sala 611
Centro - Porto Alegre-RS
Cep 90020-002

 (51) 3414-6381 (das 14h as 18h)
 Fale Conosco



ANUNCIE

AQUI

Saiba como






















Desenvolvimento PROCEMPA