ONG Parceira do PortoWeb
Portoweb / Portal da Solidariedade / RS PARADESPORTO / Paradesporto / Natação Paraolímpica / Noticias

NOVA GERAÇÃO BRILHOU FORTE NO PARA PAN JUVENIL DE BOGOTA

Depois de conquistar quatro medalhas na piscina do imponente Complexo Aquático do Parque Símon Bolívar, a paulista Paloma Garcia tem dois objetivos em mente. Um a curto prazo: comer uma bela macarronada com almôndegas preparada especialmente pela mãe. Outro a média prazo: participar dos Jogos Paraolímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Em sua primeira competição internacional, faturou quatro medalhas, sendo duas de ouro e duas de bronze. “Foi a primeira vez que viajei sem a companhia da minha mãe. Bateu a saudade diversas vezes, mas consegui controlar e fiz bons resultados”, disse Paloma, de 16 anos. Ela foi uma das atletas que mais ganharam medalhas na natação dos  Jogos Parapan-Americanos Juvenis em Bogotá: campeã nos 150m medley e nos 100m, na classe S4. 

A mineira radicada em São Paulo Letícia Freitas subiu cinco vezes ao ponto. Em três oportunidades ficou com o segundo lugar, nas outras duas, em terceiro. Nesta quinta-feira ela foi prata nos 100m da classe S6. A campeã de pódios foi a catarinense Ana Paula Fernandes (S9), com seis medalhas. Foi um ouro, três pratas e dois bronzes.

Entre as meninas, a quinta-feira rendeu medalha para Lediane Joaseiro (ouro nos 50m livre e bronze no revezamento 4 x 100m livre), Ana Paula Fernandes (100m livre e bronze no revezamento 4 x 100m livre), Paloma Garcia (bronze no revezamento 4 x 100m livre) e Yasmin de Oliveira (bronze no revezamento 4 x 100m livre).

Entre os homens, o catarinense Talisson Glock conquitou nove medalhas, sendo seis de ouro. O gaúcho Roberto Alcalde também vai levar nove para o Brasil, mas três de ouro. A dupla foi ouro no revezamento 4 x 50m livre, juntamente com André Gonzáles e Marcio Gomes.

Nesta quinta-feira, o representante do Rio Grande do Sul foi ouro nos 100m e prata no revezamento 4 x 100m livre. Talisson também compôs a equipe, que teve Gustavo Gartz e Vanilton Filho. Coincidentemente, Vanilton foi ouro e Gustavo, prata, nos 100m da classe S9. Jonathan de Farias sagrou-se campeão nos 100m da S9. Assim como Caio de Oliveira (S8). André Gonzales foi bronze nos 50m borboleta da S3.

Ao todo, a natação brasileira acumulou 55 medalhas, sendo 25 de ouro.



A+-     A  ?
» contatos

Rua Andradas 1560, sala 611
Centro - Porto Alegre-RS
Cep 90020-002

 (51) 3414-6381 (das 14h as 18h)
 Fale Conosco



ANUNCIE

AQUI

Saiba como






















Desenvolvimento PROCEMPA